16 January 2009

Leonor Cipriano changes her statement and says that her daughter was killed by the uncle




Leonor Cipriano changed her testimony concerning the disappearance of her daughter, in Portimão on the 12th of September 2004. In a witness statement that she signed at the prison of Odemira yesterday, Leonor Cipriano accuses her brother, João Manuel Domingos Cipriano, of being the author of the child’s death.

Beforehand, they intended to simulate an abduction and to send the child to Spain, in exchange for money. This process did not work according to plan and ended up being transformed into a homicide that was carried out by the child’s uncle.

The Public Ministry accuses the child’s mother and uncle of being the authors of Joana’s death and of entertaining an incestuous relationship and that Joana’s body, which remains missing, was dismembered.

Leonor Cipriano’s lawyer will make a statement this afternoon, after the testimony, which is eight pages long, is delivered at the Court of Faro.

This revelation is made on the day of the trial of alleged aggressions against Leonor Cipriano by Polícia Judiciária inspectors.

Joana’s mother, Leonor Cipriano, and her uncle, João Cipriano, have been condemned by the Supreme Court of Justice to 16 years in prison each, over the crimes of homicide and concealment of the child’s cadaver.


source: Lusa, 16.01.2009

15 comments:

  1. Se a mulher confessa o crime, porque não diz o que fizeram com o corpo? Quanto à menina estar feliz em qualquer lado, essa é que seria uma história bem contada, não haja dúvida! Gente desta iria memso preferir confessar um crime não praticado e deixar-se ficar na cadeia para o resto da vida, em vez de dizer a quem tinham entregado a criança! Mais uma vez se irá comprovar que Gonçalo Amaral é um excelente investigador policial.

    ReplyDelete
  2. À luz da Lei, tanto é culpado o que mata como o que deixa matar. Entende-se por "deixar matar" permanecer imóvel ou indiferente enquanto alguém mata outrém na sua presença. Ou seja, a agora confissão de Leonor não a iliba da culpa. Portanto, a não ser que a mesma revele com precisão o local onde foram despejados os pedaços do corpo da filha, não me parece relevante. Mais: quem pode afiançar que esta confissão não passa de uma mentira para a Leonor tentar sacudir as culpas e eventualmente diminuir a pena que está a cumprir?

    ReplyDelete
  3. Realmente essa criatura é asquerosa!! E o mais incrivel é que ainda continuam a dar-lhe crédito... Deixou fazer o que fizeram á menina, mentiu descaradamente ocultando o crime, e ainda tentou safar-se á custa das únicas pessoas que deram importancia e valor á Joana (os agentes da PJ). Agora quando se está a proceder ao julgamento dos agentes, vem alterar a história... O que é que ela pretende com isto? Ver se se safa da pena a que foi condenada? É uma vergonha, ainda por cima aparece cada vez mais gorda e sempre bem arranjada... Haja dinheiro dos contribuintes!
    Será que alguém ainda acredita na maioria dos advogados que temos? Sim porque de certeza que foi o advogado que lhe disse para alterar o depoimento a fim dela se safar. Só espero que os jurados e juiz(a) tenham o bom senso de condenar aquela criminosa e libertar brevemente os agentes destas acusações imundas! Ainda acredito que possa haver alguma justiça neste país desgovernado!!

    ReplyDelete
  4. NUNCA ME ENGANAS-TE ...TU...E OS MCCANS...OBVIAMENTE.

    E ainda querem condenar os P. J. ?
    Se lhe bateram, só se perdeu alguma que tenha caído no chão!
    Já agora, façam-na vomitar o que fizeram ao corpo da infeliz Joana.
    E que este caso sirva de exemplo, e haja uma protecção eficaz das crianças em risco.
    Qual família biológica, qual carapuça! As crianças estão bem onde são amadas!
    Casos como este, e já há alguns em Portugal, infelizmente, provam que biologia e amor nem sempre andam juntos.

    ReplyDelete
  5. Joana Cipriano's body was dismembered. Will this be what the McCanns did too? After reporting their daughter was missing, the McCanns did a lot of jogging while everyone else were looking for their daughter... Did anyone check the local bins along the McCanns' jogging route?

    ReplyDelete
  6. "Leonor Cipriano changes her statement".

    Precisely.

    And how many times has she done that in the past?

    This serial liar and murderess is the very best that the Portguese authorities can produce against
    Goncalo Amaral.

    Words like these spring to mind:

    'Desperate'

    'Scraping the barrel'

    and

    'Clutching at straws'

    ReplyDelete
  7. Tão ladrão é quem vai à vinha como quem fica ao portão !!!

    Pena máxima para estes 2 imbecis criminosos ordinários.

    Investigue-se a sério quem inspirou, e PORQUÊ, esta nova versão dos factos ( desculpem a minha possível má fé, mas não acredito que o "idiota" seja só o Dr. Aragão Correia )

    JUSTIÇA para Joana Cipriano!JÁ!!!!

    ReplyDelete
  8. JAVELIN, are you all there, or are you totally demented. Are you related to the McCanns, you seem to share with them a pathological obsession for replacing fact with fiction. You are also quite crude about it.

    ReplyDelete
  9. does the news of the change of statement have anything to do with Gerry's recent visit and him being informed in person by Alves?

    ReplyDelete
  10. Para el autor y el cómplice que permite, la pena es prácticamente la misma. Véase este caso recientemente juzgado en España:

    http://www.elpais.com/articulo/sociedad/Castigo/ejemplar/torturar/Alba/elpepisoc/20090115elpepisoc_4/Tes

    Leonor no tiene nada que ganar cambiando su declaración, pero quizá sí otras personas. ¿Quiénes? ¿Por qué?

    ReplyDelete
  11. What a terrible thing! That poor child. A truly sickening crime.
    At least now we know the truth. I also feel sorry for Amaral who has had his character smeared by this dreadful case.

    ReplyDelete
  12. o gerry veio e foi;
    o Mac, o das ilha andava quieto e calado.
    E aparece logo a seguir.
    Quando o outro julgamento estiver a finalizar,ou muito pouco antes,o gerry aparece.Quem manda,quem?
    g e companhia.

    ReplyDelete
  13. E volta novamente na altura das eleições autárquicas,o g.

    ReplyDelete
  14. Please forgive me for being so blunt and for horrifying those more sensitive, but the P.J.(Pereira Cristóvão and others hinted it publicly) knows very well in what way the remains of poor Joana were disposed of: she was fed to the pigs, some parts of her body, at least!

    ReplyDelete
  15. Estou intrigada com uma coisa,porque é que na página de comentários algumas vezes nos tem sido pedido que copiemos algus caracteres numa "caixa" para assim validar o nosso comentário e agora isso não está a acontecer? deixei um comentário há cerca de 1/2 hora, a tal "caixa" não estava lá e o comentário não apareceu na página de comentários( não na página inicial, na sequência do artigo).

    ReplyDelete