11 April 2009

Chiarina






Press Play to Listen

Robert Schumann's "Chiarina" from Carnaval Op. 9, played by Vladimir Sofronitsky. Carnaval, Op. 9, is a work by Robert Schumann for piano solo [C minor; Passionato], written in 1834-1835, and subtitled Scènes mignonnes sur quatre notes (Little Scenes on Four Notes) - A, E-flat, C, B. Chiarina depicts Clara Wieck, Schumann's wife.


Images by © Joana Morais




7 comments:

  1. Très mignonnes, Jo. Thanks for posting.

    ReplyDelete
  2. This is beautiful.
    Repeating the same tema all the time.
    It sounds like us, asking for the truth.
    Please give her a decent grave!
    Yesterday I listened to the Mattäus Passion and I had to think of Madeleine.

    ReplyDelete
  3. Boas!
    Já ouvi o pequeno trecho,sobre o qual me abstenho de comentar,obviamente.

    Intrigam-me as duas fotos: a das andorinhas que partiram; a dos postes
    mascarrados e sujos. Por outro lado é um trecho que pertence a " Carnaval"; também dedica" his love for Ernestine von Fricken through the music."

    Carnaval;postes de electrecidade sujos; ddicado a um amor antigo;tocado pela sua Mulher(artista,pianista,compositora).

    CARNAVAL. Estou confundida com o significado de tudo isto.

    Talvez esteja a querer ver coisas ou algum significado sub entendido e não chego lá.

    ReplyDelete
  4. Olá Maria, bom dia

    as duas fotos: a de cima são pombos a sobrevoarem um canal em Paris, a de baixo umas pedras tumulares de um cemitério Inglês, sem nome. O significado é o que se quiser dar, ou o que se sentir. De qualquer forma este post é dedicado a uma amiga especial. Para mim, retrata a ditadura do tempo, portanto a morte, mas também como a música em loop, o não acabar da memória.

    um abraço, J.

    ReplyDelete
  5. * aliás são gaivotas nesta , havia uma mistura de pássaros nesse dia tempestuoso.

    ReplyDelete
  6. a ditadura do tempo(bela expressão) e
    o NÃO ACABAR DA MEMÓRIA!
    Tem a ver com uma Amiga Sua! Lamento mas,pelos vistos,jamais será esquecida.

    Quanto a mim,não vi pombos( a foto é lindissima) e ,infelizmente não me apercebi que na foto de baixo,seriam pedras tumulares sem nome.

    Joana,muito obrigada pela Sua explicação,tão pessoal.Lamento.

    ******

    Quaanto à minha interpretação foi outra.Mas,agora,com todo o respeito,não vai caber aqui.
    No fundo talvez já esteja no outro comentário que deixei.

    Obrigada,J.M.

    mcr

    ReplyDelete
  7. Joana, sem palavras.
    Obrigada, amiga.

    ReplyDelete