30 January 2014

Do you remember?



To mark the day of the 27th anniversary of Rui Pedro, the 11 year old boy who disappeared from Lousada in 1998, the mother, Filomena Teixeira and the Portuguese Missing Children Association released a video on the internet appealing for information that may help locate him. Please share, thank you.

Any info on Rui Pedro, please contact the Judiciary Police on directoria.porto@pj.pt, (+351) 225 582 415 or the Portuguese Missing Children Association on secretariado@ap-cd.pt, (+351) 91 000 39 62





5 comments:

  1. Não há palavras para imaginar a dor.

    ReplyDelete
  2. • 5 Feb 2014
    • Jornal de Noticias
    • Ademar Costa

    Pelo Rui Pedro e não só

    Foi lançada uma campanha a favor do desaparecido Rui Pedro. A sua corajosa mãe afirma: “Não o vejo desde os 11 anos. Não vou desistir de o procurar”.

    Deve ser feita uma campanha pelas crianças desaparecidas em Portugal. O aparelho do Estado deve ocupar-se dessa tarefa. Os diferentes departamentos governamentais, incluindo as embaixadas e consulados, têm meios de investigação e divulgação dos dados das crianças roubadas à sua inocência.

    Pelo Rui e por muitos outros que foram roubados às suas casas e famílias, há campanhas que podem ser feitas se houver boa vontade e imaginação. Por que não são utilizados os pacotes de açúcar, prospetos turísticos, aeroportos, gares e postos de abastecimento de combustíveis para divulgar a foto dos desaparecidos? Os jornais, revistas e televisão podem divulgar fotografias e dados relevantes.

    Mais, o Governo português deve ter presente o empenho do Governo inglês no desaparecimento de Maddie. Mas não é tarefa fácil, a investigação. O inspetor português que se ocupou do caso foi processado, a vida destruída por procurar a verdade. Mas uma coisa é certa: a pequena Maddie tem um grande amigo em Portugal. Chama-se Gonçalo Amaral.

    ReplyDelete
  3. Mãe escreve a Rui Pedro 16 anos depois de desaparecer

    Filomena Teixeira não ignora a coincidência: no Dia de Carnaval, ela assinala mais um aniversário do desaparecimento do filho: “A ironia da vida, uns tristes, outros contentes”

    por Joana de Belém

    Dezasseis anos depois do desaparecimento de Rui Pedro, a mãe escreveu- lhe uma longa carta no Facebook. Uma forma de assinalar a data e de não deixar o caso cair no esquecimento, mas também, disse ao DN o marido de Filomena Teixeira, “uma maneira de falar, desabafar” sobre a perda. Todos os dias são difíceis mas, pelo seu simbolismo, o dia de ontem foi “particularmente complicado”, contou Manuel Mendonça.

    A 4 de Março de 1998, em Lousada, Rui Pedro, então com 11 anos, desapareceu após o almoço e nunca mais foi visto pela família. Uma data que Filomena não esquece.

    “Pedro, meu filho, hoje faz 16 anos que desapareceste! Ironicamente é Carnaval! As pessoas divertem- se ou dormem depois de uma noite de folia, é normal. Mas eu não consigo deixar de pensar em ti... e que hoje é 4 de Março. A ironia da vida, uns tristes outros contentes!”, lê- se na sua página da rede social.

    Mas já na segunda- feira Filomena tinha publicado a “Carta de uma mãe ao filho desaparecido”. É o texto de uma mãe que nunca desistiu de rever o filho que desapareceu, independentemente dos avanços e recuos a que se tem assistido na Justiça, o último dos quais teve lugar, em Dezembro, quando o Supremo Tribunal de Justiça recusou apreciar o recurso da condenação de Afonso Dias, principal suspeito neste desaparecimento.

    Em Março do ano passado, o Tribunal da Relação do Porto já tinha dado provimento ao recurso do Ministério Público e de Sá Fernandes ( advogado da família de Rui Pedro) e condenou Afonso Costa em três anos e seis meses de prisão pelo rapto do menor.

    Rui Pedro desapareceu a 4 de Março de 1988. Tinha então 11 anos e foi visto pela última vez após o almoço com colegas.

    A PJ começou a investigar o desaparecimento, ouvindo várias pessoas mas sem qualquer suspeito. A prioridade era localizar o menor.

    Sem pistas, uma segunda brigada da PJ voltou ao caso em 2004 e fez a primeira reconstituição dos factos. Quatro anos depois, avançava uma terceira brigada

    Só em Fevereiro de 2011, Afonso Costa, principal suspeito do desaparecimento, foi acusado do crime de rapto agravado. Em Novembro desse ano começou a ser julgado no Tribunal de Lousada. Na primeira sessão recusou prestar declarações.

    A 22 de Novembro, o primo de Rui Pedro disse em tribunal que foi convidado, juntamente com o menor desaparecido, para irem às prostitutas a Freamunde. E, em Dezembro, uma prostituta declarou em tribunal ter estado com Rui Pedro no dia do desaparecimento do menor e reafirmou, na reconstituição dos factos no local do suposto encontro, que o menor lhe foi levado por Afonso Costa que estava sentado no banco dos réus.

    Afonso Costa foi absolvido a 22 de Dezembro de 2012. O recurso da decisão para a Relação do Porto terminou em condenação a três anos e seis meses de prisão.

    Filomena Teixeira foi homenageada, no ano passado, pela Câmara Municipal de Lousada. Recebeu a medalha de mérito da autarquia das mãos do presidente da câmara e garantiu que não iria desistir de encontrar o filho. Jorge Magalhães, o autarca, elogiou a “luta incessante” e qualificou Filomena como “mãe coragem”.

    Diário de Noticias, 5 Mar 2014

    ReplyDelete
  4. A carta na íntegra

    «Meu filho, faz amanhã 16 anos que não te vejo, e depois deste tempo todo ainda espero por ti! Espero e esperarei até que me digam algo de ti! Este tempo todo imagino-te crescendo, tornando-te um homem,e eu aqui parada no tempo, á tua espera! Nunca deixarei de te esperar!!! De uma forma ou de outra, os dias sucedem-se, muitos Já partiram, outros nasceram e cresceram enquanto estiveste fora...outros vão nascer breve, sabias? Há tanta coisa para te dizer, tantas promessas a cumprir que não vão chegar o resto dos meus dias para os realizar...volta, estamos aqui todos á tua espera...tal como naquele fatídico dia 4/03/1998...Se não quiseres falar basta um abraço, tu sabes dar tão bem abraços! e beijos pequeninos...bem sei que estás crescido, mas a mim não vais negar?! Tenho tentado tudo para suportar a tua ausência...tudo mesmo!!! Ás vezes digo a mim própria que é um pesadelo e que vou acordar a qualquer momento e tu estás aqui...depois abro os olhos e a realidade atordoa-me os sentidos! NÃO ESTÁS! e não posso fazer nada!!!!
    Sabes, já nem rezo, olho para o vazio e mentalmente pergunto por ti?! Já nem sei quem sou, ou no que me tornei!!!Um fardo para uns...uma lunática para outros! Dizem que sou forte?! Quando eu sou tão frágil...imagina a tua irmã o que tem de suportar?! E ser a filha mais maravilhosa que alguém poderia ter! Porque é nisso que ela se tornou Pedro, num ser humano espantoso! Tens de ter orgulho nela!Vês filho, o que tenho para te dizer não chega uma carta...Como faço para comunicar contigo? A tua irmã está á distancia de um telefonema, basta-me saber que está bem! contigo faria igual, só quero que sejam felizes! É pedir muito filho?
    Quando puderes juras que me respondes? Eu continuo aqui à espera..
    Um Abraço do tamanho do mundo, da tua mãe que te adora e não sabe o que fazer sem ti?!
    P.s. Estou a escrever-te do teu quarto, o pai acabou de entrar, ele trabalha muito, e sente muito também a tua falta, só não sabemos como te dizer!? Daí a carta, desculpa se é muito longa, mas juro que se tu vieres eu não te canso! Eu calo-me e basta-me o teu olhar no meu.
    Adoro-te! Mãe.

    ReplyDelete
  5. Joana - I just don't understand how someone who claims to want truth, is so willing to use a profile picture that looks nothing like herself? You're a big, fat Portuguese woman, and you're making a serious fool of yourself, because EVERYONE finds you EMBARRASSING yourself, by not updating your photo to something that actually resembles you. Anyone can use an outdated, 'glamourised' shot - let's face it, you've never really looked like your avatar, even when you were that age. It is highly glamorised, airbrushed version of your younger self, - even then, when you were that age- the photo was still NOTHING like you actually look like- BUT NOW- it's just an outright LIE- If you want people to believe that you are serious about transparency, and honesty, you should be more honest, and UPDATE your photo so that it at least looks like you!

    ReplyDelete