1.Everyone shall possess the right to freely express and publicise his thoughts in words, images or by any other means, as well as the right to inform others, inform himself and be informed without hindrance or discrimination 2.Exercise of the said rights shall not be hindered or limited by any type or form of censorship Constitution of the Portuguese Republic, Article 37.º

Nothing new or Interesting: PJ reacted too late"

A bit patronizing on the Police...


"PJ reagiu de forma tardia"


Entrevista com Carlos Pinto Abreu, advogado em Portugal do casal McCann

Em Portugal existe a ideia de que arguido é sinónimo de culpado. Como se pode evitar esta situação?

Todos nós temos de aumentar a nossa cultura judiciária. E temos de perceber que o processo penal é uma realidade dinâmica que se pode iniciar com uma queixa infundada, com uma denúncia falsa, com uma notícia de crime que indique agressores que não o são. E é preciso perceber que é normal que, em fase preliminar da investigação, ou mesmo do processo, as pessoas que são constituídas arguidas não sejam necessariamente culpadas.

Acha que está a ser feito um juízo precipitado de Kate e Gerry Mc Cann?

Sobre o processo nunca nenhum jornalista me vai ouvir fazer um comentário.

Mas que comentário faz às declarações do PGR ao dizer que, "à luz do novo código, os McCann não seriam arguidos"?

O senhor PGR disse o que disse. O que significa que fez um juízo de ausência de indícios de suspeita sobre determinadas pessoas. Essa afirmação vale por si. Não havendo indícios de suspeitas sobre pessoas, essas pessoas não são constituídas arguidas. O que significa que, tendo em conta as afirmações que foram feitas, as pessoas podem retirar as conclusões que entenderem. Eu não tiro.

O embaixador inglês disse que estava satisfeito com a actuação da PJ. A Inglaterra aprova os nossos métodos de investigação?

Eu não vou comentar discursos políticos ou diplomáticos. Mas posso dizer o seguinte. Todos os órgãos de polícia criminal me merecem respeito por aquilo que representam. E a PJ necessita de serenidade, de tempo e de ponderação nas investigações. Não me ouvirão dizer que um órgão de polícia criminal actuou bem ou mal, senão nos próprios processos. Porque entendo que é com tempo e com ponderação que todos os operadores judiciários trabalham. Se trabalharem bem, teremos um processo justo. Se trabalharem mal, teremos um processo que não será justo.

Portugal está pouco habituado a este tipo de investigação?

Não é uma questão de hábito da investigação. É mais uma questão de mediatização de um determinado processo. E, neste caso, a mediatização atingiu um nível internacional. E a partir daí houve uma reacção diria... tardia, face aquilo que se exigiria num processo desta natureza. Mas devo dizer que, apesar de tardia, a reacção dos mais altos dirigentes da PJ, e estou agora a referir-me ao próprio director nacional, Alípio Ribeiro, foi adequada. Porque pôs no seu devido lugar tudo quanto era ficção.

Está a referir-se à demissão de Gonçalo Amaral?

Não. Estou a falar de declarações que foram veiculadas pela próprio PGR e por Alípio Ribeiro, que claramente disse que todas as vias de investigação estavam em cima da mesa. O que significa isso mesmo. O que significa que todas as vias de investigação estão em aberto. E assim deve ser.

Está a referir-se às noticias que garantiam que Madeleine estaria morta?

Sim. Mas todos os cenários são possíveis. E, sendo todos os cenários possíveis, a investigação não pode assenhorear-se de um em detrimento do outro. Isto é para mim muito claro e, tanto quanto possível, uma boa notícia. O que se pretende é, em primeiro lugar, encontrar a criança e, segundo, encontrar a criança com vida.

Acha que a PJ prejudicou a investigação com as fugas de informação?

As fugas de informação são o pior serviço que se pode fazer à investigação. Porque gera a manipulação de provas da opinião pública, a dos próprios relatos das testemunhas e essa contaminação, vinda de onde vier, é um péssimo serviço.

Existe alguma mágoa do casal McCann face à opinião pública ?

O que posso dizer é que a única preocupação dos McCann é encontrar a filha. Tudo o resto fere e causa mágoa, mas não é importante.

"PJ reacted too late"

FILIPA AMBRÓSIO DE SOUSA

Interview with Carlos Pinto Abreu, Portuguese lawyer of the McCann's couple

In Portugal there is the idea that defendant(arguido) is a synonymous of guilty. How can you prevent this situation?

We all have to increase our judicial culture. And we must understand that the criminal procedure is a dynamic reality that can be started with an unsubstantiated complaint, with a bogus complaint, with a story of a crime showing perpetrator that are not. And we must realize that it is usual in a preliminary stage of an investigation, or even in the process, people who are constituted as arguidos not being necessarily guilty.

Do you think that a hasty judgment of Kate and Gerry McCann is being made?

About the process no journalist will hear me make a comment ever.

What have you to comment on the PGR's statements by saying that "in light of the new code, the McCanns' would not be accused"?

The PGR said what he said. This means that he made a judgment regarding the absence of evidence of suspicion about certain people. This statement is worth for itself. If there are no indications of suspicious over people, then these people are not constituted defendants/arguidas. Which means that, taking into account the statements that were made, people can draw the conclusions they wish. I don't.

The English ambassador said he was satisfied with the performance of the PJ. Does England approve our methods of investigation?

I am not going to comment diplomatic or political speeches. But I can say this. All class of police criminal deserves respect for what they represent. And PJ needs serenity, time and reflection in the investigations. You will never hear me saying that an organization of the criminal police acted well or inadequately, unless in the processes. I understand that it’s with time and ponderation that all the judicial operatives work. If they work well, we will have a fair trial. If they work poorly, we will have a process that will not be just.

Portugal is somewhat unfamiliar to this type of investigation?

It is not a matter of used to this sort of investigation. It is more a question of media coverage of a particular case. And in this case, the media has reached an international level. And from there was a reaction I could say ... overdue, given what is required in a case of this nature. I must say that, although late, the reaction of the most senior leaders of PJ, and now I will mention the actual national director, Alípio Ribeiro, was the most appropriated. Since he put in its rightful place all that was fiction.

Are you referring to the resignation of Gonçalo Amaral?

No. I am talking about statements that were given by the PGR and Alípio Ribeiro, who clearly said that all avenues of the investigation were on the table. And that is what it means. This means that all avenues of investigation are open. And so it should be.

You are talking about the news that ensured that Madeleine was dead?

Yes. But all sceneries are possible. And, with all the sceneries being possible, the investigation may not appropriate of one in detriment of the other. This is very clear to me and, as far as possible, is good news. The idea is to, first, find the child and, second, find the child with life.

Do you think that PJ hampered the investigation with information leaks?

The information leaks are the worst service that can be done to an investigation. It generates the manipulation of evidence in the public opinion, the 'own reports of the witnesses and that contamination, coming from where it comes, it is a very bad service.

Is there any sorrow of the McCanns' concerning the public opinion?

What I can say is that the only concern of the McCanns' is to find their daughter. All the rest wounds and causes sorrow, but it is not important.



No comments:

Powered by Blogger.